Track dos tempos

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

10 mil acessos

Aeeeeeeeee PessoALL....

Hj o blog completou 10 mil acessos... Isso é muito recompensador pq posso ter certeza que o blog está sendo útil pra muita gente, seja para buscar informações sobre o processo de imigração, seja para buscar iformações do cotidiano da vida no Canadá, seja para saber informações sobre nós.

Faz apenas 8 meses q criamos o blog e a média diária é de 53 acessos, com quase 100 pages views por dia. Eu acho isso muito bom pq o blog não é comercial e é focado num assunto específico, além de não ter um marketing de divulgação.

Bom, obrigado a todos os leitores pelas 10 mil visitas. Isso nos dá motivação para continuar com o blog e tentar fazer dele uma ferramenta útil para quem quer imigrar, ou mesmo para quem apenas busca informações daqui do Canadá.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal... Joyeux Noël... Merry Christmas

Pessoal, desejamos um feliz natal para todos os nossos familiares, amigos e leitores do blog. Esperamos que todos ganhem os presentes que pediram para o papai noel.

Abraços a todos!!!

Jorge , Loriane e Lara

Larinha doentinha... Hospital!!!

É gente, a Larinha ficou super doente mas agora já está melhorando. 2 dias atrás ela começou a ter febre e ontem a febre dela chegou até 39,7. Tentamos controlar com Tylenol mas a febre subiu mesmo assim. Como ela nunca tinha tido uma febre tão alta assim nós decidimos levá-la ao hospital. Na verdade ela só teve febre uma outra vez, pq estava nascendo 2 dentes molares, que foi justamente no dia da viagem dela pra Montreal e aquela febre chegou até 38,5 em pleno avião.

Como essa seria nossa primeira ida a um hospital de Montreal nós não sabíamos muito bem como seria o atendimento, mas no fim fiquei surpreso pq fomos super bem atendidos, recepcionista, enfermeiros e médicos super educados.

Bom, primeiro fomos ao Hospital Sainte-Mary. É um dos melhores hospitais de Montreal. Chegando lá fui na recepção. O recepcionista me atendeu muito bem e eu falei q a Lara tinha 17 meses de idade. Então ele me disse q ela poderia ser atendida alí sem problemas, mas q seria melhor eu ir para o Hospital Sainte-Justine, que fica lá perto, pois tem uma área exclusiva para crianças e a Lara teria um atendimento mais especializado, por um pediatra. Aí o rapaz me perguntou o que a Lara tinha e eu disse q ela passou a noite toda com febre e o Tylenol não estava controlando. Nisso ele me pediu para esperar e chamou uma médica. Então veio a médica, fez algumas perguntas sobre o estado da Lara e me disse q ela até poderia examiná-la, mas se fosse algo mais grave eu teria que ir mesmo para o Sainte-Justine para ter um atendimento de um pediatra, e equipamento próprios para bebês. Agradeci a atenção deles e me mandei pro Sainte-Justine que fica há apenas 1km de lá.

Chegamos no Sainte-Justine às 15:05hs e saímos de lá 17:50hs, ou seja, ficamos 2:45hs lá dentro. Eu até achava q ficaria mais pq todo mundo diz q o sistema de saúde aqui é meio lento, mas eu achei até mais rápido que muitos hospitais brasileiros. E ainda poderíamos ter ficamos menos tempo pq nesse período houve uma troca de plantão e uma enfermeira até nos pediu desculpas por termos esperado todo esse tempo e me explicou que foi por causa da troca dos médicos.

Bom, chegamos na recepção do hospital e em 10 minutos a ficha da Lara já estava feita, e ela ganhou um cartão do hospital q toda vez e ela for lá é só dar o cartão dela e eles já tem todo o histórico dela no sistema. Depois disso passamos por uma triagem que uma enfermeira faz algumas perguntas e já nos encaminha para o sala de espera correta. Então chegamos na sala de espera das girafas (cada sala de espera tem o nome de um animal e tem uma decoração infantil desse bicho - girafa, macaco, elefante, passarinho, galinha, vaquinha e não lembro as outras) e mais uns 10 minutos uma outra enfermeira nos chamou para medir temperatura, pesar e mais umas outras perguntinhas. Nessa hora a Lara estava com 38,5 de febre e a enfermeira deu Tylenol pra ela. Depois voltamos pra sala das girafas e esperamos ser chamados pelo médico. Foi nessa hora que houve a troca de plantão e ficamos esperando quase 1 hora. Teve um momento q eu até perguntei para um médico (do plantão anterior) sobre nosso atendimento e ele disse que seríamos os próximos. Bom, depois da espera veio a nova médica e ela fez mais algumas perguntas. Então examinou a Lara, checou os pulmões, garganta, ouvidos, membros, dentes, olhos, e disse que ela só tem uma forte gripe, mas estava bem hidratada e era pra continuar com o Tylenol que a febre iria baixar, mas se não baixasse em até 3 dias era pra voltar ao hospital. Ela tb falou pra continuar dando muita água, suco e leite pra manter a hitradação. Eu disse que a Larinha não queria comer desde q a febre começou e ela disse que é assim mesmo, mas se ela está tomando o leite já está bom por enquanto.

Agora a febre dela já baixou, e já está na temperatura normal. Ainda tem um pouco de tosse catarrinhos. Ela ainda não quer comer mas já começou a brincar e bagunçar pela casa, e percebo que ela ainda está meio fraquinha. Hj ela já tomou suquinho e comeu uns pedacinhos de bolacha maizena. Com o tempo vai se recuperando. Ah, e tem mais 2 dentes do fundo nascendo e toda vez que nasce um dente novo ela fica mais chatinha pra comer.

Em relação ao hospital, eu achei o pessoal do Sainte-Justine bem atenciosos e se mostraram preocupados. O Hospital é bem limpinho, e muito organizado. Sem contar que o atendimento foi rápido se comparado com o que eu esperava. Estou satisfeito com o atendimento.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Vídeo tirando neve do carro

É, o inverno tá chegando, e vem as neves. Pra quem tem carro tem q sair de casa sempre antes no horário que normalmente sairia, primeiro pq tem q dirigir mais devagar, e segundo pq geralmente é preciso tirar a neve do carro (vidros e farois), e se tiver caído muita neve ainda é preciso cavar o carro. Isso tudo pra quem não tem garagem coberta, que é justamente o meu caso. Como aqui no prédio que moro tem menos vaga de garagem do que apartamento então eu estou na fila de espera pra pegar uma vaga. Seu o segundo da fila e pode ser que eu consiga uma vaga no próximo verão. Ah, isso não é uma exclusividade do meu prédio. Como a maioria dos prédios de Montreal são antigos então a maioria tem poucas vagas, ou nem mesmo tem garagem.

Bom, fiz um vídeo que eu me mostro tirando a neve do carro. Vcs vão ver que no vídeo eu comento q a temperatura está em -1grau e nem está tão frio. Mas é isso mesmo, acho q o corpo vai se acostumando ao ponto de que qdo faz 5 graus positivos a gente já diz q está calorzinho... huahauhauhuahauhau.... É a capacidade de adaptação do ser humano. A temperatura mais baixa que eu peguei aqui, até agora, foi -15 graus e realmente não passei frio. Basta estar com uma boa roupa e um bom calçado. Até agora em nenhum momento deixamos de sair de casa por causa do frio ou da neve. Até no dia da nossa primeira tempestade de neve eu estava na rua. O problema do frio é o vento. Ele faz baixar muito a sensação térmica, as vezes passando de 10 graus da temperatura real, mas se não tem vento a gente sente pouco o frio.

Agora divitam-se com a vídeo...
video

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Inscrição na fransisação com tempestade de neve

Na segunda-feira pegamos nossa primeira tempestade de neve. Foram 2 dias nevando forte e sem parar. A cidade não esperava, pois a previsão era de ter entre 3 e 6 cm de neve. No final a média foi de 27cm e houveram lugarem com um pouco mais de acúmulo, chegando até 50 e 60cm. O Tiguan virou uma montanha branca e tive um trabalhinho para tirar toda a neve de cima dele. A cidade estava um caos e só hj começou a voltar a normal. Pelo q me disseram no inverno passado não nevou tanto como nevou nesses 2 dias, só pra vcs terem ideia.

Pra dirigir na neve foi preciso um pouco mais de cautela mas o carro tb ajuda porque tem tração nas 4 rodas, controle de estabilidade e regulagem anti-derrapante. Dá muito mais segurança pra dirigir e eu não tive nenhum problema. Ah, e ainda nem estou com pneus de inverno. Só vou colocá-los amanhã pq foi o único dia q tinha horário disponível. Depois vou fazer outro post sobre os pneus de inverno. Aqui no Quebec é obrigado usar pneus de inverno a partir do dia 15 de dezembro.

Bom, no meio desse caos todo eu ainda tinha q fazer a inscrição e teste da minha fransisação, foi segunda-feira bem no auge da tempestade de neve. Fui no Cégep de Saint-Laurent. E pra piorar tudo eu ainda cai na mesma turma que o Digudi rsrsrsrsrsrs..., que é o avançado 1.

O curso do Cégep vai começar dia 5 de janeiro e esse módulo vai até 16 de março. Aulas de segunda, terça e quarta das 18:30 às 21:30hs e é de graça. Sem contar que dizem que é um dos melhores cursos de francês de Montreal. Daqui a alguns meses eu faço outro post com minha opnião sobre o curso.

Bem, pra finalizar segue aí umas fotos da neve...
Neve acumulada no batente da nossa janela. Quase que o termômetro do sapinho sumiu.
Lori com a Lara saindo no nosso prédio
Rua lateral do meu prédio. Aí até q já estava + ou -
Estacionamento do Cégep de Saint-Laurent

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Início da temporada de Ski/Snowboard

aeeeeeeeeeeee... chegou a hora... Está aberta a temporada de ski e snowboard no Quebec. Depois de 2 anos sem praticar snowboard vou voltar a ativa. Esse fds que passou algumas estações de ski já abriram suas pistas. Pra poder aproveitar bem a temporada eu comprei um passe chamado Ski Passe-Partout que é da Association des stations de ski du Québec e dá direito a 5 descontos por estação de até 40% (1 de 40%, 2 de 35%, e 2 de 30%), e é válido em quase todas as estações de ski do Quebec. O custo do passe é de $37,99 e agora só pode ser comprado nas lojas da Sports Experts ou da InterSport. Em 3 vezes que eu usar o passe ele já se paga..

Já pude ir em 2 estações. A primeira foi Bromont, mas só tinha 2 pistas abertas porque ainda tem pouca neve. Bromont é bem grande e no total são 102 pistas. De Montreal até lá são + ou - 70km. Como cheguei lá e só tinha 2 pistas abertas então resolvi q não valia a pena e preferi esperar mais alguns dias para abrir mais pistas.

Bom, ontem eu, Digudi, Paula, Marcelo, Carol, Victor e Dani fomos pra Mont Saint-Bruno (A Lori não foi com a Lara pq ela não faz ski nem snowboard e lá não tem estrutura para criança pequena). Essa é a estação mais próxima de Montreal. São apenas 12 km desde a saída de Montreal até lá. Essa estação é pequena mas já estava com 4 pistas abertas e um preço reduzido de $20,89 para o dia todo até as 22hs. Então resolvemos ficar por lá e curtir.... Ebaaaaa... pude estreiar meu equipamento!!!!!!

Os 6 q estavam nunca tinham feito nem ski nem snowboard. Eles tentaram fazer uma aula de ski mas todas as turmas já estavam cheias. Então eles alugaram os equipamentos de snowboard e eu ensinei as coisas básicas pra eles começarem a andar. Ficaram o dia todo na área de aprendiz caindo, levantando, caindo, levantando... Depois de um tempo o Digudi e a Paula subiram no teleférico e foram lá pra cima da montanha comigo, mas logo na saída do teleférico a Paula já tomou um capote e teve q voltar de maca, mas está tudo bem com ela.. O Digudi tentou descer a montanha e até começou bem, mas depois veio uma partezinha um pouco mais difícil e aí ele amarelou... huahauhauhauhuahau... e desceu o resto da montanha a pé... No final o pessoal já estava pegando a manha do negócio mas tinha q ir embora. Todos eles gostaram!!!

Foi bom o primeiro dia... Só pra tirar a ferrugem! Agora vai ser quase todo fds do inverno nas montanhas.

Olha aí umas fotinhas do dia de ontem...
Depois da minha primeira descida
Marcelo e Victor... Eita, parece uma dupla de esquinó
Paula na maca-trenó

sábado, 27 de novembro de 2010

Vídeo do primeiro dia branco em Montreal

Aeeeeee.... Hoje é a primeira vez que vimos o dia amanhecer branco aqui em Montreal. Tudo coberto de neve... A temperatura nem estava tão baixa. Estava fazendo -1 grau.

Na verdade já tinha caído uma nevezinha de leve misturada com chuva, que tinha contado no post "Primeira neve em Montreal", mas hj parece que ela veio pra valer.

Fiz um vídeo pra registrar esse momento. Curta o vídeo aí...
video

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Carta de motorista do Quebec na mão

aeeeeeeeeeeeeee... Hj fiz o exame prático de dirigir do Quebec. APROVADO!!!!!!! Foi bem tranquilo...

Bom, o negócio funciona assim: 2 semanas atrás eu fiz o exame teórico e tb fui aprovado, claro. O exame teórico são 3 baterias de questões. A primeira bateria são 12 questões e podemos errar 3. Na segunda tb são 12 e podemos errar 3 tb. Na terceira são 36 e podemos errar 8. Eu errei 4 questões no total. 1 no primeiro grupo, 1 no segundo grupo, e 2 no terceiro grupo. A prova é num computador e o sistema mostra na mesma hora se acertou ou errou a questão, e no final já sai o resultado. Esse exame tem um custo de 10 dólares e pode escolher a prova em inglês ou francês. Eu fiz em inglês pq pra mim é muito mais fácil. Pra estudar a melhor forma é fazer o simulado direto no site do SAAQ (é como o Detran aqui no Quebéc). O simulado tb tem em inglês e francês. As questões do simulado são exatamente as mesmas da prova.

Depois de aprovado no exame teórico é hora de partir para o exame prático. Aqui a gente mesmo marca o exame, não precisa de auto-escola, nem despachante (isso nem existe aqui). E no exame pode ir com o próprio carro, de um amigo, ou alugar um. No dia que eu fui aprovado no teórico já liguei no SAAQ para marcar o exame prático mas só tinha data disponível pra depois de 13 de janeiro.

Aí que veio o esquema, estilo jeitinho brasileiro (quem disse q é só no Brasil que se dá um jeitinho pra tudo rsrsrsrs...). Tem um cara aqui chamado Roger. Ele conhece todo mundo no SAAQ e consegue marcar a prova para o dia q a gente quiser. Ele é vietnamita, mas já mora aqui a muuuito tempo, e já está bem conhecido entre os brasileiros.. Ele só exige que faça uma aula e a prova no carro dele. A aula dele são 2 horas e custa 50 dólares, com garantia de passar na prova. Só não passa se bater o carro ou atropelar alguém. As vantagens de fazer com o Roger são: Poder escolher qq data para o exame; Ele te dá a aula nos 3 circuitos possíveis do exame; No dia da prova ele te dá mais uma aula no circuito q está sendo usado no dia; O examinador alivia a barra por saber que é aluno do Roger e só é reprovado se bater o carro, atropelar alguém ou fizer tudo errado; O examinador não pega auto-estrada, nem faz balisa com os alunos dele.

Vamos lá, no dia que eu passei no exame eu não consegui falar com o Roger. Isso foi sexta-feira retrasada. Ainda tentei ligar a semana passada inteira pra ele e só cx postal. Na última sexta eu tentei pela última vez e o bendito atendeu o celular... Me disse q estava de férias e tinha voltado aquele dia mesmo. Aí tudo foi muito rápido. Ele já marcou minha aula para o dia seguinte, sábado passado. Eu ainda disse pra ele que o SAAQ não tinha data disponível pra fazer a prova esse ano e ele me respondeu pra eu não me preocupar com isso. Bom, depois da aula no sábado ele já pegou o número do meu processo pra marcar minha prova, e perguntou qual dia eu queria. É claro q eu falei que queria o mais rápido possível. Ontem ele me ligou e perguntou se estava bom pra fazer a prova hj às 13hs... Até me surpreendi com a velocidade!!!

Bom, 1 hora antes do meu exame ele me pegou na estação Longueuil e fomos fazer o circuito do exame de hj. Depois fomos ao SAAQ pra fazer o exame. Tem q pagar uma taxa de 25 dólares para pode fazer o exame. Fiquei lá esperando um pouco e vi 4 pessoas chegando do exame, e dessas 4 somente 1 tinha passado. Teve até uma mulher q o examinador voltou dirigindo...

Chegou minha hora, o examinador chega e conversa com o Roger. Aí ele disse que já tinha examinado 3 pessoas e as 3 foram reprovadas. Nossa, já pensei q a coisa iria engrossar. Aí o examinador entrou no carro e me explicou como seria o exame. Ele disse que iria avaliar se eu conhecia as regras de condução e se eu as respeito. Tb disse que iria avaliar minha forma de dirigir. Depois disso mandou sair com o carro e lá fomos nós... O exame foi super tranquilo. Muito Arret (pare em francês) e ele só ia falando direita, esqueda. Só uma hora que ele reclamou que eu estava muito lento e mando acelerar. Eu estava a 30 km/h e tinha que ir a 40km/h. No final ele mandou eu estacionar o carro numa vaga de ré, tipo vaga de estacionamento e depois disso disse que fui aprovado. Aí perguntei se fiz muitos erros e ele falou só da hora q eu estava devagar, mas ele nem iria marcar nada no meu processo. Meu exame durou 15 minutos no total.

Passando isso voltei lá dentro do SAAQ, tirei uma foto para o nova habilitação, peguei a taxa de 44,97 doletas para emissão da nova carta e já peguei uma carta provisória que posso dirigir com ela até chegar a carta permanente, que leva até 1 semana. Ah, no Canadá as habilitações são provínciais, ou seja, se um dia eu me mudar para outra província tenho q tirar uma carta nova de lá. Com minha carta do Quebec eu posso dirigir por até 90 dias em outra província sem problema algum.
Exemplo da carta de motorista do Quebéc
Bom, é isso, agora já posso pilotar o Tiguan.

Quem precisar do contato do Roger é só me avisar...

Abraço!!!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Documentos canadenses

Bom pessoal, todos nossos documentos canadenses importantes já foram feitos e muita gente me pede os endereços dos locais para fazer os documentos, então vou colocar aqui uma lista.
  • Cartão de Residente Permanente
O cartão de RP é feito automaticamente qdo a gente chega no Canadá e passa na imigração. Ele demora de 6 a 8 semanas para chegar em casa pelos correios. Para sair do Canadá e depois voltar todo residente deve ter esse cartão em mãos, ou fazer um outro processo q eu já descrevi aqui no blog, no post "Sair do Canadá sem o Cartão de Residente Permanente";

  • Número de seguridade Social
Mais conhecido como NAS (Numéro d'Assurance Social), é como se fosse um CPF aqui no Canadá. É um número confidencial que é usado para quase tudo, abrir conta em banco, comprar telefone, fazer financiamento, fazer outros documentos, etc. Esse número é feito nos escritórios dos Services Canada e a gente já sai de lá sabendo o número, mas depois de 2 semanas chega um cartão em casa com o número para ser guardado.

O endereço do Service Canada de Montreal é 200, Boulevard René Levesque Ouest. Normalmente o atendimento é rápido. No meu caso demorou 20 minutos.

  • Cartão de Saúde
Esse é o Assurance Maladie et Santé. É o cartão chamado Carte du Soleil e é usado para ter acesso ao sistema de saúde do Quebec, e tb tem os reembolsos para comprar medicamentos com receita. Qdo se chega no Quebec tem 3 meses de carência antes de usar o sistema para fazer consultas médicas, porém em caso de urgência pode ir a qq CLSC (é como um posto de saúde) ou ao setor de urgência de qq hospital que será atendido. Para se fazer a Carte du Soleil é necessário ir até a RAMQ (Régie de l'Assurance Maladie du Québec). Tb já sai de lá sabendo-se o número mas a carte du soleil só chega em casa depois de 3 meses ou mais. É obrigado tirar uma foto no local e custa $8,00. Eles não aceitam q a gente leve uma foto.

O endereço da RAMQ em Montreal é 425, Boulevard de Maisonneuve Ouest, 3e étage. Entre as estações do metrô Place-des-Arts e McGill. O local é bem cheio mas tem um atendimento rápido. No meu caso tb levou uns 20 minutos.

  • Carta de motorista
A carta de motorista tem um processinho com várias etapas. A primeira é fazer a tradução da carta brasileira. Essa tradução pode ser feita direto no consulado brasileiro em Montreal. Custa 18,75 dólares e demora 5 dias úteis pra ficar pronta. ATENÇÃO: O consulado não aceita pagamento. Para fazer o pagamento é necessário ir até o correio e fazer um vale postal. O valor total ficará em $24,25 pq tem o custo do vale postal e dos impostos. O endereço do consulado é 1, Westmount Square, 17e étage. É na saída do metrô Atwater.

Depois disso tem q estudar e marcar a prova teórica. Pra marcar a prova teórica tem q entrar em contato direto com o SAAQ (Société de l'Assurance Automibile du Quebéc), que é como um Detran do Quebéc, através do telefone (514)873-5803. Um ótima forma de estudar é fazer os simulados do site do SAAQ que são as mesmas perguntas da prova. Tem o simulado em françês e em inglês. Normalmente a prova é marcada para 1 mês ou mais adiante. Pra fazer a prova é necessário ir até a SAAQ. O endereço é 855, Henry Bourassa Ouest. Tem uma taxa de 10 dólares.

Por fim vem o exame prático. Esse exame tb deve ser marcado pelo telefone (514)873-5803. A gente não é obrigado a fazer aula se tiver a tradução da carta brasileira, nem ir com nenhuma auto-escola. Para o exame podemos ir com o próprio carro, ou alugar um na hora. Tem vários caras q ficam lá alugando seus carros para o pessoal q vai fazer o exame. Esse demora muito pra marcar, dependendo da época do ano pode ser mais de 2 meses pra frente. Existem vários locais onde o exame é realizado e leva em média 40 minutos.

  • Equivalência de Diploma
Para quem quer fazer uma faculdade, pós, etc, ou é de uma profissão regulamentada, é necessário fazer a equivalência de diploma. Pra isso os diplomas brasileiros já devem estar traduzidos por um tradutor reconhecido pelo Quebéc. Então é só levar esse diplomas traduzidos, junto com um formulário e outros documentos, até um escritório do MICC que faça esse serviço e equivalência. O link com o formulário e os documentos exigidos podem ser acessados aqui. Em Montreal o MICC que faz esse serviço fica próximo do metrô Crémazie, no endereço 255, boulevard Crémazie Est, 8e étage, bureau 8.01

  • Reembolso do curso de françês do Brasil
Após obter o CSQ nós temos direito ao reembolso do curso de francês feito no Brasil, na Aliança Francesa ou no SENAC, com valor de até 1500 dólares por pessoa. Para solicitar o reembolso é necessário enviar, ou levar, os documentos até o escritório do MICC que faz esse serviço. Ele fica na 800, boulevard de Maisonneuve Est, 3e étage.

  • Curso de francês em Montreal
Para quem vai fazer o curso de francês do MICC deve preencher um formulário que pode ser encontrado clicando aqui, e enviar ou levar, juntos com os outros documentos que estão no formulário, até o escritório do MICC que faz esse serviço. Ele tb fica na 800, boulevard de Maisonneuve Est, 3e étage. Esse mesmo formulário é usado para solicitar a ajuda financeira para quem faz o curso em período integral.


Bom gente, esses são os primeiros passos que todo imigrante deve dar. Ainda tem mais coisas como emprego, berçario, auxílios financeiros para crianças, imposto de renda, etc mas isso vou postando a medida que formos passando cada etapa.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Canadá em 8.o no IDH 2010

Pessoal, ontem a ONU divulgou a lista oficial final de 2010 do ranking dos países em relação ao IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Só pra começar posso dizer que o Canadá ficou na 8.a posição e o Brasil ficou em 73.

A lista dos 10 primeiros ficou assim:
  1. Noruéga;
  2. Austrália;
  3. Nova Zelândia;
  4. Estados Unidos;
  5. República da Irlanda;
  6. Liechtenstein;
  7. Holanda;
  8. Canadá;
  9. Suécia;
  10. Alemanha.
O Brasil, na posição de número 73, ainda ficou atrás de Argentina, Peru, Chile, Irã, Arzebaijão, e outros países com menos expressão mundial. Em relação ao último ranking de IDH, que teve pesquisa realizada em 2007 mas os dados só foram divulgados em 2009, o Canadá caiu 4 posições pois ocupava o 4.o lugar, e o Brasil subiu 2 posições, já que ele ficava em 75.

Bom, alguns critérios levados de consideração para o IDH são: saúde, educação, segurança, pobreza, desigualdade social e renda.

Comparando alguns dados entre Canadá e Brasil:
  • Homicídios por 100 mil habitantes - Brasil 22 x 1 Canadá
  • Média de anos de estudo - Brasil 7 x 11 Canadá
  • Mortalidade infantil para cada mil nascimentos - Brasil 22 x 6 Canadá
  • Espectativa de anos de vida - Brasil 73 x 81 Canadá
  • PIB por habitante - Brasil 10.846,67 x 39.035,09 Canadá
Eu juro que tentei achar algum dado que o Brasil fosse melhor que o Canadá mas realmente não achei ou passou despercebido. Infelizmente é muito triste mas é verdade. Realmente eu não queria que fosse assim. Tá aí um dos motivos da minha imigração para o Canadá.

O link para o ranking completo você pode acessar clicando aqui. No site tb tem mais detalhes e outros dados.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Nosso primeiro carro no Canadá

aeeeeeee... Compramos nosso primeiro carro no Canadá. A gente pensou em comprar um carro usado mas como eu estou trabalhando fizemos vários cálculos pra ver como ficaria o orçamento e pesamos as vantagens e desvantagens de comprar um carro usado e um carro zero bala e acabamos optando por comprar o carro zero mesmo. No final compramos um Volkswagen Tiguan 2.0 Turbo Comfortline modelo 2011, cor ouro branco. É uma cor nova da VW, fica como um dourado puxado pro branco.

O carro é show, bem completinho. É 4x4 e isso é muito importante pra neve. Tem teto-solar, computador de bordo completíssimo, conexão com o iPhone, iPad ou iPod, câmbio automático e manual tiptronic com 6 marchas, bancos de couro, 12 air-bags (isso mesmo 12 air-bags), ABS, controle de tração, controle de estabilidade, piloto automático, aquecimento dos assentos, aquecimento dos para-brisas, aquecimento dos retrovisores laterais, rodas de liga leve aro 17, e mais um monte de coisas. Tem muita tecnologia mesmo. Só pra se ter uma ideia eu tenho uma chave só pra mim e a Lori outra só pra ela. Qq conficuração que eu fizer no carro ele salva no chip da chave. É + ou - assim: Se eu ajusto o banco ou os espelhos e coloco o ar condicionado em 20 graus ele vai salvar tudo na minha chave. Qdo colocar a chave da lori ele vai se auto-configurar para os padrões dela, ous seja, vai mudar espelhos, bancos, AC, etc tudo automaticamente para o forma como ela tinha deixado. Aí se eu colocar minha chave novamente ele volta sozinho para as minhas configurações. Não preciso mais ficar arrumando os espelhos depois q a Lori dirigir. Genial né!?!?!?!?!?!?!?!?

Bom, como eu sei que muita gente vai perguntar sobre o valor... Esse modelo aqui eu paguei 37 mil dólares, já com impostos, frete, etc. Isso dá + ou - 62.500 reais. No Brasil esse mesmo modelo não sai por menos de 145 mil reais... É absudo como as coisas no Brasil são caras. E isso porque a origem do Tiguan é a mesma. Tanto o Tiguan do Brasil qto o do Canadá são feitos na mesma fábrica na Alemanha, ou seja o custo do produto é o mesmo e a diferença está nos impostos.

Bom eu comprei o carro na semana passada mas ele ainda estava chegando aqui no Canadá então tive que esperar até ontem pra poder pegá-lo. Ontem, depois que peguei o carro já fui estreiá-lo com a família dando um rolê por Montreal e depois fomos jantar numa tratoria na Petite Italia (bairro italiano aqui perto de casa) pra comemorar.

Olha aí umas fotos dele:
Lindão heim!?!?!? A Lori lá dentro só esperando pro rolê
Traseira bonita. 2.0T 4MOTION
A Larinha já instalada na poltrona pra bebê
Me preparando pra sair
Umas coisas são diferentes entre Brasil e Canadá em relação a veículos: O primeiro de tudo é a placa. Eu fui lá na SAAQ (como se fosse o Detran do Quebec) e comprei minha placa. Muito rápido e sem burocracia. Como é um carro zero a concessionária só de entregou um papelzinho dizendo q eu comprei o carro com alguns dados do veículo. Eu entreguei esse papelzinho na SAAQ e pronto, em 5 minutinhos a atendende já me deu uma placa, que é minha, e um outro papelzinho q tem q ficar sempre dentro do carro. Se um dia eu mudar de carro eu levo a mesma placa para o carro novo. Eu mesmo coloco a placa e não tem aquela babozeira toda de lacração, vistoria, etc. Outra coisa diferente aqui é como se mede o consumo. No Brasil é usado Km por litros. Aqui são litros por 100 Km. O Tiguan faz 10 litros por 100 Km na cidade e 8 litros por 100 Km na estrada. Aí tem q ficar fazendo continha pra chegar na medida de Km por litros q eu estava acostumado no Brasil. Mais uma coisa q aqui é diferente é o pagamento da matrícula do veículo (como o licenciamento do Brasil) Aqui tb é pago 1x por ano, mas se eu vender o carro a SAAQ me devolve a parte proporcional que eu não usei o carro e irá cobrar do novo proprietário. Por exemplo, eu pago a matrícula sempre em janeiro aí eu vendo o carro em abril, então só utilizei esse veículo por 4 meses, aí a SAAQ me devolve a parte proporcional aos outros 8 meses que eu não usei e irá cobrar esses 8 meses do novo proprietário. Uma última diferença é que todo carro zerro só sai da concessionária se tiver seguro e é obrigado a ter seguro enquanto estiver na garantia, que no caso do Tiguan é de 4 anos ou 80 mil Km.

Bom, é isso... Agora motorizado em Montreal... Quem quiser carona pode falar....

Abraço!!!

domingo, 31 de outubro de 2010

Primeira neve em Montreal

Ontem a noite caiu a primeira neve aqui em Montreal. Semana passada foi em Ottawa, como eu tinha dito no post passado.

Bom a gente estava jantando no Kanda, restaurante japonês na Saint-Catherine, com o Danilo, Mel, Mauro, Vanusa, Taís, que são brasileiros de Ville de Quebec, e mais a Beta e o Mitsuo (era um jantar de boa vindas para a Beta e o Mitsuo pq eles chegaram essa semana pra morar aqui em Montreal).No meio do jantar começou a nevar, mas era uma neve misturada com chuva. Na verdade mais chuva do que neva. Terminamos o jantar e ainda estava assim.. Bom, depois eu, a Lori e a Lara fomos pra casa e qdo a gente estava chegando começou a neve de verdade... Só neve purinha, sem chuva. Tudo ficou branquinho bem rápido.

Olha aí uma foto eu com a Lara na neve. A qualidade não está muito boa pq eu tirei com o iphone.

Aqui tem outra foto. Agora a Lori e a Lara.

A Larinha adorou a neve, mas hj nem deu pra ir brincar com ela na neve pq amanheceu mó solzão e já derreteu toda a neve de ontem. Mas não vai faltar oportunidade pra ela brincar na neve, mesmo pq ainda estamos e outubro e já veio a primeira neve, então esse inverno promete.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Se preparando para o snowboard

Esse fim de semana q passou eu fui pra Ottawa ajudar na mudança de um amigo canadense que se mudou de lá pra cá pra Montreal. Chegamos em Ottawa na sexta a noite e estava bem frio, com 1 grau, e tinha acabado de cair a primeira neve da região na temporada. Qdo nós chegamos lá a neve já tinha parado de cair, depois ainda caiu mais um pouco de madrugada mas tb não vi pq eu estava dormindo, mas qdo eu acordei eu puder ver a neve ainda em cima dos carros.

Bem, esse próximo fim de semana algumas área de ski já serão abertas pois já está nevando em algumas montanhas, principalmente na região da cidade de Quebéc. Com isso lá vou eu para as montanhas pra fazer snowboard. Uma vantagem de vim morar no Canadá é que vou economizar um pouco com minhas viagens já que qdo eu estava no Brasil eu ia 1x por ano pra neve na Europa, Chile ou Argentina pra poder fazer snowboard e agora é só viajar alguns kilometros pra isso. Eu já aproveitei e comprei um equipamento novo de snowboard. Comprei tudo na Poubelle du Ski, que fica aqui em Montreal, na Saint-Laurent próximo do metrô Jarry. Poubelle du ski em português quer dizer Lixeira do sky e a loja é gigante e tem de tudo pra ski e snowboard. E é tudo muito barato pq são equipamentos lançados no ano passado ou no retrassado, mas é tudo novo, na embalagem e sem uso. Eu comprei uma prancha 158 da Salomon, Bindings da Ride e Boots da Northwave. É tudo produto top de linha e paguei apenas 480 doletas, sem contar os brindes que ganhei. Eu qq outro lugar aqui de Montreal esse conjunto não sairia por menos de 650 dólares. Até no EUA eu gastaria mais que os $480. Lá eles tb tem roupa pra prática de ski e snowboard. Eu comprei uma jaqueta da Scott, q pra mim é uma das melhores pra neve, e paguei 240 dólares. Eu já tinha visto a mesma jaqueta em outra loja por $549.

Olha as fotos aí do equipamento:
Boots Northwave

Binding de frente

Binding por trás

Parte de cima da prancha, já com os bindings

Parte de baixo da prancha. Linda de discreta
Bom, agora estou tentando juntar uma galera pra ir pras montanhas. Quem estiver lendo e estiver por aqui é só falar que a gente combinar...

Abraços e neve fresca pra todo mundo.... rsrsrsrs

domingo, 17 de outubro de 2010

Móveis da IKEA

Pessoal, esses últimos dias tem sido uma correria total... Trabalho, documentos da Lori e da Lara, mercado, móveis, etc... A gente gasta muito tempo com os móvies para o apartamento. Muita gente me perguntou como estamos fazendo com os móveis e a resposta é que estamos comprando a maioria das coisas na IKEA. A vantagem da IKEA é que tem quase tudo para a casa, com um preço barato e uma qualidade boa.

A IKEA é uma loja de origem sueca e é mais ou menos como a Tok&Stok que tem no Brasil, mas com uma grande diferença que é o preço dos produtos. O custo dos produtos da IKEA é baixo pq é fabricação própria e eles tem um baixo custo com pessoal. O cliente faz praticamente tudo. Não tem vendedor, não tem estoquista, tem poucos operadores de caixa, não tem entregador e não tem montador. É assim: Vc vai andando pelos corredores como se fosse uma exposição. Cada produto tem 3 códigos q é a posição onde o produto está no estoque. Vc anota os códigos e vai até o estoque. Vc mesmo pega seu prduto, seja um vasinho, uma mesa, ou uma cama, não tem ninguém da loja pra ajudar, e vai pro caixa. Existe alguns caixas com operador, mas tem vários q não tem operador, então vc mesmo passa seu produto e cartão de crédito ou débito (imagina isso no Brasil). Depois vem a entrega. Vc tem 4 opções: 1) vc mesmo leva seus produtos pra casa no seu carro ou de ônibus; 2) vc contrata um taxi grande pra levar; 3) vc contrata um serviço extra da própria IKEA pra fazer a entrega por 59 dólares; 4) vc aluga uma van da IKEA por 1 hora e meia por 19 dólares e vc mesmo leva e depois volta pra devolver a van. Depois vem a montagem. Pra mim é a parte mais divertida. É como brincar de Lego!!!! O manual não tem nada escrito, são só desenhos.

Aqui tem as fotos de alguns passos da montagem de uma das cômodas da Lara:
Acreditem, tem uma cômoda dentro dessa caixa.
Manual da montagem.
Material que vem na caixa. Isso se tornará uma cômoda.
Uma das etapas da montagem.
Cômoda já montada, mas falta montar as gavetas.
Montagem da gaveta.
Obra final!!!! Cõmoda pronta com as 4 gavetas.
Essa cômoda eu demorei 1hora e 20 pra montar... Agora já tô com prática. Já montei rack, mesa de jantar, mesa de escritório, 2 cômodas, biblioteca, armário... Se a HP me mandar demitir eu não passo fome. Já posso arrumar emprego de montador. rsrsrsrsrsrs...

Ah, é muito importante ter um parafusadeira elétrica. Eu comprei uma furadeira/parafusadeira sem fio da Black&Decker por 39 dólares no Walmart, e já vem com maleta e um kit de chaves de fenda, philips e brocas de vários tamanhos.

É isso... Depois eu posto um vídeo de como está ficando o ap, mas deixa estar mais arrumadinho.

Abraço!!!!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Foire Nationale de l'Emploi de Montreal

Para quem já está no Quebéc, empregado ou não, terá uma grande oportunidade de conhecer melhor o mercado de trabalho, fazer contatos e até conseguir um bom emprego. É que nos dias 13 e 14 de outubro vai ter a 5.a edição da Feira Nacional de Empregos de Montreal. A feira será na Place Bonaventure, no centro de Montreal. A feira contará com mais de 200 empresas expondo seus planos de carreiras e apresentando suas oportunidades de trabalho.

O endereço da feira é:
Place Bonaventure
800, rue de la Gauchetière Ouest
Hall d’exposition Ouest - Niveau 400
Dia 13 - das 9h às 20h
Dia 14 - das 9h às 17h
Entrada gratuíta

Mesmo estando empregado eu devo comparecer à feira... É qdo estamos empregados que aparecem as melhores oportunidades, sem contar o networking.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

De volta à Montreal

Ufa... Finalmente estou conseguindo escrever no blog pra relatar minha volta pra Montreal, agora com a Lori e a Lara, mas essa viagem foi cansativa... até demais!!!!!

O Drama já começou na noite antes de sairmos do Brasil. Na verdade no dia anterior da nossa saída a Lara tomou 2 vacinas e a noite deu febre de 38 graus. Nós não sabemos exatamente o que causou a febre pq além das vacinas tb estão nascendo os pré-molares dela, que ajuda a ter febre. Bom, não domimos praticamente nada. Eu só dormi 20 minutinhos.

7 hs da matina já tínhamos que estar no aeroporto de Cumbica. Nosso primeiro trecho foi de TAM até Miami... Vôo espetacular com exceção que agora a TAM cobra 50 dólares nos vôos internacionais para ficar na primeira fila de assentos. Pra Lara seria mais confortável então pagamos essa taxa, já que foram 9 horas e meia de vôo. No vôo chegou a dar 38,5 graus de febre nela mas controlamos com Tylenol.

Bom, em Miami tínhamos 3 horas para o próximo vôo. Parece muito né!?!?!? No trecho Miami - Montreal fomos de American Airlines, maaaaaaaas em Miami tudo começou a piorar... Eu e a Lori já estávamos muito zuados e no Brasil a TAM havia dito que nossas malas iriam direto para conexão e não seria preciso retirá-las em Miami, só que chegando em Miami eu fui só me assegurar disso e lá estavam nossas malas na esteira de bagagem... Enfim, pegamos as 4 malas e redespachamos num local exclusivo para conexões. Depois fomos fazer o check-in de conexão e nós tínhamos 3 malas de mão, 2 mochilas, 1 bolsa da Lori, 1 frasqueira com as mamadeiras da Lara e 1 bolsa de fraldas, brinquedinhos, cobertorzinho da Lara, etc...Total eram 8 volumes na mão e a TAM disse que poderíamos seguir assim, tanto que eles nos deixaram embarcar no Brasil, mas a American Lines não deixou em Miami... Só poderíamos carregar até 5 volumes então tivemos que rebolar pra todos os 8 volumes se tornarem 5. No final conseguimos fazer 5 volumes e fomos pro avião... Nossa, por 2 minutos a gente não perdeu o vôo. Nosso portão era o portão 7 e ainda estávamos entrando na área de embarque até eu ouvi nos alto-falantes que era a última chamada pro nosso vôo e saímos correndo. Pra ajudar o xixi da Lara vazou da fralda. kkkkkkkkkkk... Sem brincandeira nenhuma, entramos no avião e a aeromoça fechou a porta na mesma hora.... Aí se foram mais 2 horas e meia de vôo, bem turbulento. Até o comandante pediu desculpas pois o vôo foi praticamente inteiro com turbulência e o serviço de bordo teve que ser cancelado por segurança.

Ufa... chegamos em Montreal, mas ainda não tinha acabado... Aliás a única coisa que tinha acabado de vez era a febre da Lara. Passamos pelo controle de passaporte, onde passa todo mundo (turistas, residentes, estudantes, etc), e depois fomos para a imigração para a Lori e a Lara darem entrada como residentes permanentes. Pô, qdo eu imigrei não tinha ninguém. Fiz a imigração em 5 minutinhos, e essa é a média de todo mundo. Mas esse dia estava fooood@ mesmo... Antes de nós tinha chegado um vôo da Argélia só com novos imigrantes e todos foram pra imigração, ou seja, fomos os últimos a chegar e os últimos a sair. Eu perguntei para o agente de imigração e ele disse q nunca tinham recebido tantos imigrantes ao mesmo tempo. Pra ser mais exato chegamos às 23 hs e só saímos às 2hs da matina. Sem dormir, sem banho, só com os ranguinhos xubregas dos vôos. Mas aí veio o pior de todos os problemas: Nós despachamos 4 malas e só chegaram 3!!!!!!!! Como era 2 da manhã não tinha como a pessoa da American Airlines rastrear a mala. Bom, fiz o claim da mala faltante e fomos embora de taxi pq já estava feia a coisa...

No dia seguinte (quarta-feira) a AA me ligou pra dizer que acharam minha mala em Miami. Meia hora depois recebi outra ligação da AA dizendo que minha mala estava danificada, e aberta, então eles iriam me enviar a mala com as coisas num saco e era pra eu não me assustar pq eles iriam tentar arrumar a mala depois ou me dariam uma nova. Hj de manhã o cara da AA veio me entregar a mala no meu ap, aí ele esperou eu esvaziar tudo e levou a mala de volta.

Concluindo, essa foi a viagem mais cansativa que eu já fiz em toda a minha vida... E olha que já viajei muito, inclusive viagens até mais longa que essa. Mas o que importa é que a Lara está bem e a Lori está gostando de Montreal e começando a se acostumar com o transporte. Agora é correr pra comprar móveis pro ap pq tá fazendo até eco qdo a gente fala aqui... Só tivemos tempo pra comprar uma cama (é difícil ficar dormindo em colchão inflável) que deve entregar até o dia 10, e um PlayStation 3 (pq o meu ficou com meu irmão no Brasil).

Amanhã a Lori vai fazer uns documentos e no fim do dia vamos tentar ver uns móveis como sofá, mesa, etc... E aos pouca a vida vai voltando ao normal.

Abraços!!!!

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Sair do Canadá sem o Cartão de Residente Permanente

Galera, todo mundo sabe que eu entrei no Canadá como residente permanente no dia 27 de julho e logo no dia 2 de setembro eu sai do Canadá sem o cartão de residente permanente pq eu ainda não o tinha recebido. Ultimamente está demorando de 6 a 8 semanas para chegar o cartão de residente permanente. O problema é que sempre que um residente permanente sai do Canadá ele precisa do cartão de residente para poder entrar de volta.

Bom, muita gente me dizia alguém teria que enviar o cartão para mim no Brasil para eu poder entrar novamente, mas nisso eu via 3 problemas: 1) o cartão ser extraviado; 2) O cartão não chegar pra mim até o dia do meu retorno ao Canadá; 3) o custo é muito algo, já que a forma mais segura e mais barata que eu encontrei foi pela DHL por 85 dólares.

Pensando em meu retorno ao Canadá sem o cartão de residente permanente comecei a falar com as pessoas sobre quais opções eu teria.. Chegaram até a me dizer que existe um processo de + ou - 400 dólares e eu poderia retornar...

No final das contas eu fui falar diretamente com quem sabe do processo e contatei a Vivian no consulado. Ela me disse que tem um processo chamado "Travel Document" que é para qq residente permanente que sai do Canadá sem o cartão ou perdeu o cartão enquanto estava fora do Canadá.

O processo é muitíssimo simples e super rápido. Eu só tenho que preencher o formulário IMM5524 e enviar para o consulado junto com uma foto 3x4, cópia da pagassem de vinda para o Brasil, cópia da passagem de volta para o Canadá, passaporte, cópia do Confirmation e 50 dólares canadenses em dinheiro trocado (ou depositar 85 reais na conta do consulado no HSBC). O processo demora 2 dias úteis desde a entrega dos documentos até o visto ficar pronto. Aí a gente recebe um visto de residente permanente de entrada única. Todo o processo está descrito no link http://www.cic.gc.ca/english/information/applications/travel.asp

Enfim, ontem eu peguei meu visto no consulado e agora já posso entrar novamente no Canadá, mesmo sem ter o cartão de residente permanente.

Dia 28 tamo lá!!!!!!

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Encontro de Emigrantes

A galera pediu então eu vou aceitar... Um monte de gente me mandou e-mail, falou pelo skype, MSN, etc, pra eu aproveitar minha estada em São Paulo e marcar um encontro para reunir o pessoal que está para emigrar para o Canadá. A ideia do encontro é passar um pouco da minha pequena experiência de 38 dias como residente permanente em Montreal e o pessoal conhecer novos emigrantes e aumentar o networking. Para mim está ótimo pois é prazeroso poder ajudar outras pessoas que tem objetivos semelhantes aos meus, e tb fazer networking, é claro, já que muita gente eu só conheço por internet.

Bom, o evento será uma Happy Hour na região da av.Paulista, que é o local de fácil acesso. Todos serão bem vindos e podem levar filhos, esposas, etc pois é um local familiar, tranquilo, amplo e agradável.

Segue os detalhes do evento:

Data: Restaurante A Mineira
Data: 17/09/2010
Hora: a partir da 18:30hs
Endereço: Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 697 - Jardins

O esquema do local é por comanda individual e tem rodízio de petiscos e buffet. Muito bom mesmo!!!!

Só vou pedir para quem for se possível colocar um comentário nesse post confirmando a presença, pois de for muita gente eu posso fazer uma reserva pra garantir espaço pra todos.

Devo levar umas fotinhas do Quebec tb...

Abraços e vejo todos no encontro!

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Histórico de crédito no Canadá

Pessoal, um fim de semana antes da minha vinda ao Brasil eu conheci um amigo da Elisandra chamado José que é Credit broker em Montreal. A especialidade dele é analise de crédito para moradia. Bom ele me deu algumas dicas muito importantes para o meu histórico de crédito, e o histórico de crédito é algo muito importante no Canadá, pois é seu histórico que vai determinar, caso vc faça um financiamento, leasing ou qq outro tipo de empréstimo, o montante que vc pode financiar, a taxa de juros, valor da entrada, prazo, etc...

Bem, vou fazer eu resuminho das dicas...

Primeira coisa, e muito importante, nunca atrase o pagamento das contas. E cuidado pq as contas tem sempre 2 datas. Uma data é a data de vencimento e a outra é a data de pagamento. Normalmente a data de pagamento é a data limite para se efetuar o pagamento, mas segundo o José as contas devem ser pagas antes mesmo da data limite de pagamento e essa antecipação do pagamento contribui positivamente para o histórico de crédito.

Ele me disse tb que financiamento para compra de veículo, ao contrário que muita gente pensa inclusive eu, tem um peso muito fraco para o histórico de crédito.

Outra informação é que o dependendo de como se utiliza o cartão de crédito ele pode ser o maior vilão, ou o maior aliado, do nosso histórico de crédito. Muita coisa relacionada ao cartão de crédito é mito e ele me explicou tb. Aí vai a explicação...

O maior mito de todos, e eu cai nessa onda, é que um cartão de crédito com limite alto pode influenciar negativamente no histórico de crédito de um imigrante recém chegado ao Canadá. Inclusive qdo chegou meu cartão de crédito do HSBC Canadá eu liguei para o banco e pedi para baixar meu limite. Ele me disse que eu não deveria ter feito isso, e me explicou que o que é ruim para o crédito é atrasar o pagamento do cartão. Outra coisa que ele disse para eu não fazer numa é passar 50% do meu limite do cartão, ou seja, se meu limite é 10 mil dólares, nunca passar os 5 mil dólares em gastos mensais no cartão.

Agora a dica mais estranha e valiosa de todas para quem quer dar um CREDIT BOOST no seu histórico de crédito. A dica é para pagar o pagamento mínimo do cartão de crédito só no primeiro mês. ATENÇÃO, É SÓ NO PRIMEIRO MÊS!!!!! É, eu tb achei muito estranho isso e perguntei pra minha gerente do HSBC Premier de Montreal. Ela me confirmou que isso é verdade e realmente dá um crédit boost no meu histórico. O José me explicou como isso acontece. Existem 2 agencias q gerenciam os históricos de créditos no Quebec e os bancos mandam as informações para as agencias 1 ou 2 vezes por ano, e seu histórico só começa a contar a partir no momento que o banco manda a informação, e não a partir do momento que vc adquire um cartão de crédito. Qdo vc paga um valor mínimo o banco entra em estado de atenção em relação a vc e manda suas informações imediatamente para as agencias monitorarem. Com isso vc garante que seu histórico já comece a ser criado e sem ficar negativo, pois o pagamento mínimo não negativa o histórico. Outra coisa muito importante é que após essa prática do pagamento mínimo nunca deixe de pagar o valor total da fatura do cartão, assim vc mostra o poder de quitar dívidas e seu histórico de crédito é alavancado rapidamente.
Bem, ele me garantiu que se eu seguir todas essas dicas e fazer a operação de pagar o mínimo da primeira fatura do cartão de crédito em 1 ano eu já terei histórico A+, que é o topo e já consigo comprar uma casa com as melhores condições de financiamentos. Normalmente se leva de 2 a 3 anos para chegar a A+ se não realizar o credit boost.

Quem quiser o contato do José tb é só me avisar que eu passo o tel e e-mail dele.

Abraço e espero que essas dicas sejam úteis.

sábado, 4 de setembro de 2010

Em São Paulo por uns dias

Galera, estou em São Paulo por uns dias. Cheguei dia 3 e volto para Montreal dia 28. É muito bom matar a saudade da família e amigos assim no início da nova fase da vida.

O propósito dessa vinda é fazer a homologação da minha saída da HP Brasil, que apesar de ser transferido para a HP Canadá e tive que ser demitido no Brasil e admitido no Canadá. Outros propósitos são vender algumas coisas que tem pra vender aqui ainda, fazer procurações e ajudar a Lori na mudança dela e da Lara. Sabem como são mulheres, levam tanta coisa, e como minha bagagem está vazia então terá mais espaço para bolsas, sapatos, entre outras coisas que a mulheres tem como estimação ou coleção.

Bom, tem um pessoal querendo marcar um encontro comigo pra falar de como é a vida em Montreal. Nesses + ou - 40 dias que vivi por lá acho que já dá pra falar um pouco do cotidiano da cidade e até dar mas dicas. Então acho que vou aceitar a proposta. Tb vou ver com o pessoal pra democratizar esse encontro e divulgá-lo nos fóruns e comunidades. Quando eu tiver mais detalhes como data, horário e local eu posto aqui.

Abraços e esperem os detalhes para o encontro.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Vôo da Mexicana CANCELADO!

É minha gente... Realmente a coisa está feia pro lado da Mexicana... 2 dias atrás eu recebi um e-mail da Decolar.com (onde eu comprei a passagem) dizendo que meu vôo de São Paulo - Montreal no dia 28/09 está realmente cancelado pela Mexicana e que em até 30 dias eles me devolvem o valor pago integralmente.

Aí começou uma nova e pequena correria pra ver passagem. A passagem mais barata que eu encontrei foi pela United, saindo no dia 28 mesmo e com uma conexão em Washington. É o mesmo vôo que eu vim pra Montreal. O valor dessa passagem sai por US$878.00 SÓ IDA... Caro heim!!!!

Bom, eu começei a pesquisar passagem de ida e volta tb, com a ida para Montreal no dia 28 e a volta para São Paulo no 09/07/2011. Acreditem se quiserem, mas a passagem de ida e volta sai US$752.00, ou seja, a ida e volta juntos sai mais barato que só ida... Vai entender!!!!!!! Essa passagem irá até Miami de TAM e depois de American Airlines até Montreal, e a gente chega em Montreal no mesmo dia. Pra volta nós vamos de Air Canadá até Orlando e depois de TAM até São Paulo.

Bom, voltando dia 09/07 para o Brasil podemos passar uns dias de férias e ainda a Larinha vai poder ter o segundo aniversário dela (14 de julho) no Brasil. Outra opção é não voltar e perder a passagem, mas mesmo assim ainda saio no lucro pois a passagem é mais barata.

Então já temos nossa próxima viagem ao Brasil praticamente programada. Só vai faltar ver a volta pra Montreal em julho/2011, mas uma coisa eu já sei, não será de Mexicana. rsrsrsrs...

Abraço!

Ufa! Mudança feita...

Finalmente já estou instalado no ap novo... É claro que ainda está tudo jogado pela casa pq não tem móveis... Imagina o ralo que eu tomaria se eu comprasse os móveis sem a Lori ver... huahuahauhau... Só tem uma TV, uma cadeira tipo de chefe, berço da Larinha, colchão inflável, e uns eletrônicos que já comprei, além de fogão e geladeira que já é do ap. Só pra se ter ideia eu estou usando as caixas da impressora nova e das panelas como mesa. rsrsrsrsrsrsrs....

Agora é arrumar as coisas pra ir pro Brasilsilsil na quinta-feira... As malas devem ir vazias, mas pra voltar acho que virão abarrotadas...

Ah, ontem a Mexicana avisou que meu voo de volta pra Montreal está cancelado mesmo, mas mas já está tudo resolvido e depois eu escrevo outro post pra falar como eu contornei a situação.

Abraço!!!

domingo, 29 de agosto de 2010

Quase tudo pronto pra mudança

Já está quase tudo pronto pra eu mudar pro ap novo... Já re-limpei o ap (eles me entregaram limpo, mas o padrão de limpeza canadense é um pouco diferente do brasileiro), já comprei algumas coisinhas como cadeira, berço pra Lara, travesseiros, furadeira, TV, impressora, panelas, copos, etc...

Ontem gastei o dia no ap terminando de limpar e montando as coisas. É impressionante... Aqui no Canadá vc compra tudo desmontado, até cadeiras e mesas, pelo menos na IKEA, no Walmart e no Canadian Tire. Aí ou vc mesmo monta ou paga pra loja montar... Até mesmo os próprios canadenses fazem as montagens eles mesmo (viu só, não é mão de vaquice de imigrante).  Eles não costumam pagar nem mesmo pra entregar. Normalmente os quebecoises alugam um caminhãozinho e retiram o produto (até mudança eles mesmo fazem). Inclusive a IKEA tem uma coisa que eles chamam de auto-livraison (auto-entrega), que vc paga 30 dólares e pega um caminhãozinho deles, vc mesmo dirigindo, e leva as coisas pra casa. É um caminhãozinho que quem tem habilitação classe 5 (categoria B do Brasil) pode dirigir.

Hj, logo às 8 da matina, eu já saí de casa. Fui lá em Brossard, que fica em South Shore do outro lado do rio, pra ver um berço pra comprar. Eu vi o anúncio no Kijiji e mandei um e-mail. Ela é uma senhora estava vendendo o berço bem baratiiiiin, e ele só foi usado 20 dias pq a filha dela veio pra cá com o neto, só ficaram 20 dias e foram embora. Como a próxima vez q o neto vier ele já vai estar maior não vai precisar do berço mais. E pra Lara está ótimo pq é novinho e logo logo a Lara tb não vai mais usar o berço assim já troco por uma caminha sem perder muita grana. Aí tive 2 problemas:
  1. saí de casa e esqueci me cartão OPUS (cartão pra pegar ônibus, metrô e trem mensal) e só fui descobri isso qdo já estava no terminal Centre-Ville de Montreal pra pegar o ônibus pra Brossard, mas nisso eu já tinha pego trem e como não apareceu fiscal no trem pra me pedir a passagem então eu nem senti falta do cartão (no trem não tem catraca. A gente mostra o cartão qdo o fiscal pede já dentro do trem). Puuuuutz, tive que pagar todas as outras passagens. Foram $14,75 e isso pq em Montreal eu só paguei uma passagem já que o ticket vale pra 120 minutos, e o trem eu não paguei. Em Brossard não tem essa. Cada ônibus de lá paga se não tiver o OPUS. E paga bem. Tive que pegar 2 pra ir e 2 pra voltar. São 3 doletas pra cada busão!!!! kkkkkkk... O berço inflacionou, mas mesmo assim ainda saiu barato;
  2. o problema 2 é que eu voltei pra casa só com o colchão... huahuahauhauahu... Eu não levei ferramenta pra desmontar o berço, e mesmo que eu desmontasse iria se duro carregar tudo sozinho. Mas amanhã vou voltar lá e dessa vez vou levar as ferramentas e meu super amigo Victor pra ajudar a carregar...
Por falar em Victor, coitado do Victor e da Dani... Outro dia os 2 me ajudaram a trazer várias coisas do Walmart pra ap novo... Escravizei mesmo..... Zueira heim Victor!!!!

Bom, pra finalizar é isso... Já está quase tudo pronto pra mudar... Eu até já poderia ter mudado mas lá no ap novo ainda não tem internet, e o wireless não chega até lá... Inclusive depois que eu mudar vou ter que trabalhar dia 1 no escritório da HP pq ainda vou estar sem internet. Como no dia 2 eu volto pro Brasil, então só vou assinar internet e TV a cabo qdo eu voltar pra Montreal, no fim de setembro.

Abraço!!!!

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Vídeo do ap novo

Como prometido, estou postando o vídeo do ap novo que vamos morar. Vcs verão no vídeo que o ap é bem grande e eu mostro tb a visão da janela, então dá pra ver que o bairro é muito tranquilo.

Olha aí o vídeo...


video
O ap já está limpo e pronto pra mudar. Essa semana já vou comprar umas coisinhas, como berço pra Lara, cama e colchão, TV, som, utensílios pra cozinha, etc...  e tb já vou levar algumas coisas que já dá pra levar... O restante vou deixar pra comprar qdo a Lori chegar pq vcs sabem como é mulher né??? Vai que eu compro algo que ela não gosta... rsrsrsrsrsrsrs

Ah, só pra avisar a quem interessar: no momento tem mais um ap disponível aqui no prédio. É em cima do meu e exatamente igual. Por ser 1 andar acima o aluguel é 20 dólares mais caro. Sai por 995.00 com tudo incluso, exceto energia elétrica.

domingo, 22 de agosto de 2010

FDS em Ottawa

Esse fds fui conhecer Ottawa, que fica na província de Ontário. São + ou - 2 horas de ônibus de Montreal até Ottawa. Na viagem eu aproveitei pra fazer uns tests-drives no Jetta e no Tiguan da Volkswagen com o Serge, que é o namorado a Elisandra e trabalha numa concessionária da VW em Ottawa.

Depois fui almoçar com a Thereza e o Marido dela. A Thereza trabalhava comigo na HP Brasil e ela veio para o Canadá pelo processo federal após ter casado. Já faz uns 2 anos. O marido dela é canadense e eles moram em Ottawa mesmo. Ela conseguiu uma vaga na HP de Ottawa e continua trabalhando na HP.

Ainda tentei um encontro com a Pati e o marido dela, mas ela deve um imprevisto e não pode confirmar, então fica pra próxima vez.

Bom, depois de tudo isso ainda fiz um tour pela cidade de Ottawa. O tempo estava meio feio, chovia, parava, chovia, parava, chovia, parava... Foi o fds inteiro assim!!!!

Olha aí umas fotos da cidade...
Market de Ottawa
Canal que no inverno congela e vira uma pista gigante de patinação
Parlamento
Cidade de Guatineau, vista de Ottawa
Bem, no geral a cidade é muito tranquila, até pacata demais pro meu gosto, mas é muito bonita, tem bastante museus, e muitos prédios do governo federal por ser a capital canadenses. Na verdade eu acho que eu não moraria lá pois tenho um ritmo acelerado, talvez ainda seja efeito da vida paulistana, e a cidade não tem muitas coisas pra se fazer. Mas para quem gosta de tranquilidade é uma ótima opção.

Abraços e até o próximo post...

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

As chaves do novo ap na mão

eeeeeeeee... ontem peguei as chaves do novo ap... Ainda está no finzinho da reforminha do banheiro, mas o resto já está tudo pronto. Hj deve terminar a reforma e amanhã vai uma mulher pra limpar... Limpar!?!?!?!? É isso mesmo... Normalmente aqui em Montreal qdo a gente aluga um ap ele vem bem porco e o pessoal gasta uns 2 ou 3 dias fazendo uma limpeza pesada, mas aqui no prédio eles me entregam o ap reformado e limpinho.

Depois da limpeza eu faço um vídeo e coloco aqui no blog.

Agora é correr pra comprar pelo menos o básico (exceto fogão e geladeira que já está incluso) antes de vim com a Lara.

Abraço!!!

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

FDS com xurras na Ville de Quebec

Esse fds foi show... Fui pra cidade de Quebec pra encontrar alguns amigos do processo de imigração e já aproveitamos pra fazer um xurras bem brasileiros.

Na sexta o Danilo, o Regis e a Mel vieram de carro pra Montreal comprar carnes com os cortes Brasileiros e eu aproveitei e voltei a noite com eles pra Quebec. Compramos picanha, alcatra, linguiça e frango. Só não achamos coraçãozinho.... E olha que o kg da picanha saiu 14 dólares, que não é caro, e era picanha de verdade. Compramos lá no Amir, na Rue Roy, travessa da blvd.St-Laurent. Tb tem picanha no St-Viateur mas na sexta estava em falta. Ah, picanha em francês é Culette de Boeuf.

Bom, no Quebec eu fiquei no alojamento da Université Laval... É meio barato, 40 doletas, e é um quarto só pra mim. Lá tb tem quartos pra família, casal, grupos, etc... Muito bom pra quem quer privacidade e não precisa de muito conforto.

Bom, no sábado fez calor, sol, ótimo dia para um xurras mesmo... Então lá fomos nós!!!! Parecia mesmo xurras no Brasil... Nossa, a picanha estava deliciosa... maciiiiiiia.... saborosa.... huuuuuuummmmmm!!!!!! Olha aí uma fotinha da churrasqueira...
Linguiça de porco e picanha na grelha
Bom, no xurras conheci uma galera. Tinha brasileiros, canadenses, russo e peruano.

A noite pegamos uma baladinha básica. Pra balada fomos eu, Danilo (carioca), Regis (campineiro), Mel (brasiliense), Camily (quebecoise) e Sergio (francês). Olha aí uma foto nossa na balada.
Danilo, eu, Camily e Regis
Camily, Regis e Danilo
Sergio e Mel
No domingo eu aproveitei pra conhecer a cidade de Quebec. O Danilo e o Regis foram meus guias turísticos. Em 1 dia deu pra conhecer quase toda a cidade e ainda fomos pra Levis, que é a cidade do outro lado do rio, pra tomar o melhor sorvete da região. Aqui tem umas fotos de Quebec.
A cidade de Quebec é legalzinha, bonita e bem tranquila, mas eu não sei que eu gostaria de morar lá pois já gosto um pouco mais de agitação. Tb teria a questão de emprego, como a cidade de Quebec é a capital da província do Quebec então a maioria do empregos são empregos públicos, ou relacionados os governo.

No fim do dia peguei o busão e vim embora pra Montreal... 2:45hs de viagem...

Valeu Danilo e Regis, e todos que conheci no Quebec... Fds foi show mesmo... Já temos que marcar o próximo xurras...

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Metrô e Trem de Montreal

Galera,

Eu tenho sempre dito que o trem de Montreal é beeeeeem melhor que o metrô e o pessoal me pergunta "É melhor em quê?"

Bom, o trem é mais confortável, tem ar condicionado, nunca é cheio, tem maleiro, assento estofado, é rápido, tem menos estações assim chega mais rápido no destino e não fica balançando.

As desvantagens são o preço que é um pouquinho mais caro, 9 dólares a mais por mês, o tempo entre um trem e outro é mais demorado, é de 1 em 1 hora fora do horário de pico e 30 em 30 minutos no horário de pico, mas eu já sei os horários dos trens então não fico lá na estação esperando, e por fim tem poucas estações, mas pra minha sorte tem uma bem em frente meu prédio.

De casa até o centro de Montreal eu levo exatamente 6 minutos. De ônibus e metrô eu gasto, no mínimo, 40 minutos.

Aqui tem 2 vídeos bem curtos que eu fiz. Um do metrô e outro do trem, assim dá pra comparar...

Primeiro o vídeo do metrô...
video

Agora o vídeo do trem...
video